STF manda soltar dois acusados de roubo do BC

JUSTIÇA

, O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2010 | 00h00

O STF determinou a soltura de dois acusados de lavagem de dinheiro decorrente do furto do Banco Central em Fortaleza (CE), presos preventivamente por 3 anos e 8 meses. Para o ministro, a prisão deles por tanto tempo é "abusiva e inaceitável", uma vez que os dois réus aguardam presos por período superior ao que a jurisprudência tolera. O ministro também determinou que outros participantes do assalto ao banco, que respondem por outros crimes, como formação de quadrilha, continuem presos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.