Elisa Rodrigues/SPTrans
Elisa Rodrigues/SPTrans

SPTrans testa novo ônibus híbrido na capital paulista

Testes começaram na terça-feira; veículo é fabricado na Suécia

estadão.com.br,

06 Julho 2011 | 12h20

SÃO PAULO - A SPTrans está testando desde terça-feira, 5, um ônibus híbrido - movido a diesel ou a eletricidade - nas ruas de São Paulo. O objetivo é reduzir a poluição do ar e economizar no combustível não renovável.

 

O veículo, fabricado na Suécia, foi trazido ao Brasil para passar por testes de adaptação pela Fundação Clinton. O ônibus ficará em testes na Empresa Transppass, por 90 dias, prorrogáveis por mais 90 dias e irá circular na linha 7904 - Jardim Maria Luiza - Clínicas, na Zona Oeste da cidade, com o desempenho monitorado pela Gerência de Desenvolvimento Tecnológico da SPTrans.

 

O novo ônibus híbrido funciona com dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente. O motor elétrico é utilizado para dar partida no veículo e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 km/hora, e também como gerador de energia durante as frenagens.

 

A tecnologia do ônibus híbrido visa economizar combustível e diminuir o impacto ambiental. O sistema híbrido pode proporcionar uma redução no consumo de combustível de até 35%. Já a diminuição das emissões de poluentes que saem do escape pode variar de 80% a 90%, na comparação com motores a diesel convencionais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.