SP volta a cercar os caminhões para melhorar trânsito

Prefeitura deve anunciar nos próximos meses mais restrições para veículos de carga, apesar da abertura do Trecho Sul do Rodoanel

, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2010 | 00h00

Pedágio urbano e ampliação do rodízio de veículos foram medidas analisadas e por ora descartadas pela Prefeitura para melhorar o trânsito. Certo é que virão em breve novas e mais pesadas restrições à circulação de caminhões, principalmente nas duas Marginais e na Avenida dos Bandeirantes, como já sinalizou o secretário municipal dos Transportes, Alexandre de Moraes.

A aplicação de novas restrições para os caminhões dividem especialistas e os responsáveis pela logística do transporte de cargas. Uma das alegações contrárias é de que o Trecho Sul do Rodoanel ? inaugurado no dia 1.º de abril ? já retirou da cidade os veículos pesados que têm como destino o Porto de Santos. Segundo as empresas de transporte, os que permanecem na cidade são os que realizam serviços de abastecimento na capital.

Independentemente das discussões, a ampliação de novas restrições aos veículos de carga é um ponto certo e inclusive está prevista na Agenda 2012 ? o plano de metas da gestão municipal. Inicialmente, a Prefeitura havia informado que aplicaria regras mais rígidas logo após a inauguração do Rodoanel. Pouco depois, no entanto, afirmou que haveria um período de adaptação.

Rodoanel. Uma das principais medidas é o aumento dos horários de restrição na Avenida dos Bandeirantes ? que pode até ter a circulação de caminhões banida durante o dia. O próprio secretário já informou que a inauguração do Rodoanel tornaria desnecessária a passagem de veículos pesados pela avenida. No entanto, para alguns especialistas, o início da cobrança de pedágio no Rodoanel pode fazer com que muitos caminhões fujam do pagamento, voltando a circular na capital ? por isso haveria a necessidade de restrições.

Além da Avenida dos Bandeirantes, é provável que as Marginais do Pinheiros e do Tietê passem por mudanças nas regras para caminhões. Outra possível medida da Prefeitura ? e que vem sendo alvo de reclamações do setor de carga ? é a proibição da circulação dos Veículos Urbanos de Carga (VUCs) dentro do centro expandido durante o dia. Atualmente, eles obedecem a um rodízio de placas pares e ímpares, de acordo com o dia da semana.

Hoje, além da restrição aos VUCs, os caminhões estão proibidos de circular durante o dia em uma área de 100 quilômetros quadrados dentro do centro expandido. Esses veículos seguem um sistema de rodízio para trafegar em vias como as duas Marginais e a Bandeirantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.