SP terá mais 11,1 km de faixas de ônibus; foco é na zona leste

Penha terá acréscimo de 8 km de restrição em várias vias; no Ipiranga, a Silva Bueno ganhará corredor expresso

Bruno Deiro, O Estado de S.Paulo

02 de setembro de 2013 | 02h03

Começam a funcionar hoje na capital paulista 11,1 quilômetros de novas faixas exclusivas para coletivos. As 12 vias expressas acrescentadas ao sistema estão localizadas nos bairros de Campo Limpo, Penha, Ipiranga e Vila Maria e ampliam para 146,4 quilômetros essas faixas em São Paulo.

A ampliação será maior na zona leste da capital paulista. Na Penha, o acréscimo de 8 quilômetros de corredores está espalhado por diversas vias. Na Rua Rodovalho Júnior, um quilômetro funcionará apenas entre as 6 e as 9 horas no sentido centro. Já na Avenida Penha de França e nas Ruas Padre Benedito de Camargo, Comendador Cantinho e Dr. João Ribeiro, a nova faixa passa a valer entre 17 e 20 horas, no sentido bairro.

Nos dois horários, a faixa exclusiva estará em funcionamento nas Ruas Vereador Cid Galvão e Coronel Rodovalho, além da Avenida Cangaíba.

No Campo Limpo, zona sul da cidade, os coletivos terão exclusividade entre as 6 e as 10 horas no sentido centro, ao longo de 500 metros das Ruas José Félix e Alves dos Santos, ampliando o corredor que passa pela Avenida Rebouças.

Sul-Norte. A Rua Silva Bueno, no Ipiranga, também receberá 2,4 km no trecho entre a Rua dos Sorocabanos e a Avenida Almirante Delamare. Os ônibus terão exclusividade na nova faixa de segunda a sexta, das 17 às 20 horas, no sentido bairro. Na zona norte, a Avenida Guilherme Cotching terá a restrição por 200 metros no sentido centro, entre a Rua Alcântara e a Avenida Nadir Dias de Figueiredo, das 6 às 9 horas.

Considerada infração leve, transitar na faixa especial à direita pode render multa ao motorista de R$ 53,20 e mais três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.