Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

SP tem tarde mais fria do ano e entra em estado de atenção

Temperatura máxima foi de apenas 18,4°C no Mirante de Santana; previsão é de mais frio durante a noite e na manhã desta quinta

O Estado de S. Paulo

13 Maio 2015 | 18h58

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo registrou nesta quarta-feira, 13, a tarde mais fria de 2015, com temperatura máxima de 18,4°C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O recorde anterior era do dia 30 de abril, quando os termômetros não passaram dos 18,7°C. A medição é feita no Mirante de Santana, na zona norte.

No início da noite, a sensação de frio aumentou ainda mais, o que fez o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, decretar estado de atenção para baixas temperaturas. Às 18h30, as estações meteorológicas do CGE marcavam média de 16°C na cidade.

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul, registrava 15°C no horário, mas com sensação térmica de 10°C. Abaixo dos 13°C, a Defesa Civil recomenda decretar estado de atenção. A mínima apurada pelo Inmet nesta quinta-feira foi 14,7°C, mesmo índice do dia 30 de abril.

A noite desta terça-feira terá mais queda de temperatura e chuviscos em pontos isolados.

Previsão.O ar seco começa a ganhar força, embora a previsão para o amanhecer seja de névoa úmida nesta quinta-feira. Aos poucos, sol volta a brilhar, o que deve espantar a sensação de frio. Não há previsão de chuva. Mínima de 13°C e máxima de 22°C.

Mais conteúdo sobre:
frioDefesa CivilSão PauloInmet

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.