SP tem o dia mais quente do inverno; frente fria chega à capital

Termômetros chegaram a marcar 32,7ºC, mas temperaturas começaram a cair durante a tarde

João Paulo Carvalho, estadão.com.br

30 de agosto de 2011 | 17h29

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo registrou nesta terça-feira, 30, a temperatura mais alta deste inverno, com 32,7ºC. Na segunda-feira, 29, a temperatura chegou a 32,1ºC, segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

 

A Defesa Civil decretou estado de atenção às 10h35 por conta da baixa umidade. No horário, a umidade estava em torno de 28%, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) - órgão da Prefeitura responsável pela previsão meteorológica. Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade ideal é de 60%.

 

A mudança na temperatura, entretanto, começou ainda nesta terça-feira. Por volta das 15h30, a temperatura havia caído na cidade e os termômetros registraram 24ºC. De acordo com o Inmet, a umidade do ar atingiu os 60%. A previsão é de chuva no início da noite na capital paulista.

 

Dias amenos. A propagação de uma frente fria pelo oceano muda o tempo nesta quarta-feira, 31, causando aumento de nebulosidade, rajadas de vento e chuvas com intensidade entre fraca e moderada.

 

As temperaturas entram em acentuado declínio ao longo do dia com mínimas que podem chegar aos 14ºC e máximas que permanecem abaixo dos 20ºC. Na quinta-feira, 1, as condições de chuva diminuem e o sol aparece entre muitas nuvens, mas mesmo assim as temperaturas não sobem muito e oscilam entre mínimas de 10ºC e máximas de 20ºC.

Tudo o que sabemos sobre:
calortempo secoinverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.