Divulgação
Divulgação

SP será, até domingo, a capital dos bonecos

Festival vai reunir a partir de amanhã grupos de animação do Brasil e do exterior

Edison Veiga, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2011 | 00h00

A partir de amanhã, São Paulo vai se tornar a capital mundial do teatro de bonecos. Artistas de vários Estados do Brasil e de outros cinco países vão mostrar por que a arte da animação - que, segundo alguns historiadores, surgiu há 3 mil anos - não é só coisa de criança. Até domingo, o Projeto Sesi Bonecos terá 28 apresentações gratuitas no Teatro do Sesi, na Avenida Paulista, e no Parque do Ibirapuera.

"São Paulo é a principal cidade do País para o movimento do teatro de bonecos", conta a chilena Sandra Vargas, do grupo Sobrevento, que há 28 anos adotou a capital paulista e há 25 fundou sua companhia. "Com alegria, há dois anos também abrimos a primeira - e por enquanto única - casa teatral de São Paulo dedicada exclusivamente ao teatro de bonecos", diz ela, orgulhosa. O espaço funciona no Belenzinho, perto da Estação Bresser do Metrô, na zona leste.

Além dele, calcula-se que existam outras 30 companhias de teatro de animação em São Paulo. "A cidade influencia muito o nosso trabalho, porque aqui temos acesso a um movimento cultural muito forte, com grupos modernos e uma mistura de linguagens. São Paulo exige um nível alto de produção", acredita Sandra.

E ela não é a única estrangeira que adotou a cidade e aqui fundou sua companhia. "Meu grupo é de São Paulo. Só sou argentino por acaso", brinca Osvaldo Gabrieli, que em 1984 criou a companhia XPTO. "Somos um grupo extremamente urbano, com linguagem focada na cidade. Já fizemos montagens abertas em locais como o Anhangabaú, o Pátio do Colégio, o Ibirapuera e a Avenida Paulista. São Paulo é um palco muito grande."

Programação. Os grupos de Sandra e Osvaldo são duas das várias atrações do festival que começará amanhã. A produção é imensa: envolve mais de mil profissionais e 500 toneladas de equipamentos. No Ibirapuera, serão quatro palcos. "Parece até logística daqueles megashows de rock", empolga-se a idealizadora do festival, Lina Rosa Vieira. Toda a programação será de graça. Além dos espetáculo, haverá oficinas, exposições e shows musicais.

Em cena estarão artistas de renomadas companhias, como a de Viktor Antonov (Rússia), Jordi Bertran (Espanha), Girovago & Rondella (Itália), Hugo e Ines/La Santa Rodilla (Peru) e Viaje Inmóvil (Chile).

O Brasil será representado por 16 atrações, entre as quais o XPTO e o Sobrevento (SP), além do Trip Teatro de Animação (SC), do Duas Companhias (PE) e do Giramundo (MG) - que está comemorando 40 anos de atividade. Depois a caravana seguirá para o Rio.

"É o (festival de) Woodstock dos bonecos. Um evento como este consegue reunir um público de mais de 20 mil pessoas por apresentação", anima-se a idealizadora Lina. "É também uma oportunidade especial para aumentarmos o interesse e o gosto por esse tipo de teatro."

Ela conta que a primeira edição do festival, em 2004, iniciou um processo de mudança da maneira como as pessoas encaravam teatro de bonecos. "Antes, era algo para plateias pequenas, que viam tudo de pertinho, em espaços reduzidos", compara. "Quebramos o paradigma: com boa estrutura e auxílio de telões, conseguimos atingir e encantar muito mais gente."

Outro evento. E o mês de agosto ainda terá outras atrações para quem curte teatro de bonecos. Produzida pelos grupos Circo Navegador e Cooperativa Paulista de Teatro, a Mostra São Paulo de Teatro de Bonecos começou na última sexta-feira e vai até o dia 28. Todas as atrações são gratuitas e acontecem em parques, teatros, bibliotecas e centros educacionais de São Paulo (a programação completa está em http://migre.me/5uWVR).

A maior parte dos grupos participantes no evento é brasileira, mas está prevista a participação especial da companhia de Valeria Guglietti, da Espanha, apontada como um dos destaques na programação.

Serviço:

SESI BONECOS: DE AMANHÃ A SEXTA, ÀS 19H E 21H, NO TEATRO DO SESI (AV. PAULISTA, 1.313). RETIRAR INGRESSOS GRATUITOS (2 POR PESSOA) NA BILHETERIA, NO DIA DO ESPETÁCULO, A PARTIR DAS 12H. NOS DIAS 20 E 21, A PARTIR DAS 16H30, NO PARQUE DO IBIRAPUERA. GRATUITO. WWW.SESIBONECOS.COM.BR

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.