SP, Salvador e Recife preparam grandes festas para Réveillon

Michel Teló animará a virada do ano na Avenida Paulista, na capital baiana, Ivete Sangalo e Cláudia Leitte estão escaladas

O Estado de S. Paulo

30 Dezembro 2014 | 00h28

As cidades de São Paulo, Salvador e Recife já têm quase tudo preparado para os eventos da virada do ano. Veja quais são as atrações em cada uma dessas capitais: 

São Paulo

Além das bandas Gin e Strike e do Art Popular, a 18.ª edição do Réveillon na Paulista terá shows de Michel Teló e dos finalistas do The Voice Brasil. O evento, que começa às 19h30 desta quarta-feira, dia 31, será encerrado pela vencedora do Carnaval 2014 de São Paulo, a Escola de Samba Mocidade Alegre, que embalará a plateia até as 2h30 da quinta-feira, dia 1.º de janeiro de 2015.

Salvador

A festa de réveillon de Salvador começou neste domingo, na Feira de São Joaquim – maior e mais conhecido mercado popular da cidade –, reunindo cerca de 10 mil pessoas, segundo a Prefeitura. A programação da virada do ano na cidade segue até o dia 4. Os dois palcos onde a chegada de 2015 será celebrada, estão instalados na Praça Cairu, entre dois dos mais importantes pontos turísticos de Salvador, o Elevador Lacerda e o Mercado Modelo.

As apresentações serão diárias e gratuitas no local, a partir das 19h30. Entre as 18 atrações escaladas até a noite da virada estão Ivete Sangalo, Cláudia Leitte, Thiaguinho, Aviões do Forró e Pablo.

Recife 

Alceu Valença, Maestro Spok, Maestro Forró, Irah Caldeira, Nena Queiroga, Patusco, Maestro Duda e Almir Rouche são algumas das atrações da virada do ano em festas promovidas pela prefeitura do Recife em cinco pontos da cidade. O réveillon, aberto para todos, privilegia os artistas da terra dentro da badalada diversidade cultural pernambucana.

Já os shows pirotécnicos ficaram a cargo da Pirotecnia Igual, empresa espanhola responsável pelos fogos da virada do ano na praia de Copacabana, no Rio. Serão 14 toneladas de fogos, 10 das quais reservadas às duas festas programadas na orla de Boa Viagem, na zona sul, que costuma atrair o maior número de público.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.