SP registra 128 km de lentidão devido às chuvas e acidentes

Árvores caídas, veículos quebrados, colisões e semáforos com problemas pioraram situação do trânsito

Solange Spigliatti, Central de Notícias

03 Março 2011 | 10h36

SÃO PAULO - A capital paulista registrou nesta quinta-feira, 3, mais um dia de grande congestionamento, que chegou ao mesmo índice do recorde do ano, registrado no último dia 24 de fevereiro. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 9h30, a cidade estava com 128 quilômetro de ruas e avenidas congestionadas, em consequência das chuvas que atingem a cidade desde a noite de ontem, e acidentes em várias regiões.

 

Segundo relatório da CET, São Paulo estava com dois trechos alagados transitáveis, um na Avenida Professor Francisco Morato, sentido centro, e outro na Avenida Presidente Wilson, altura do número 3.467. Duas árvores caíram durante a madrugada, atrapalhando o trânsito. Uma delas na Avenida Bem-te-vi e outra na Rua Maria Paula, atingindo um veículo.

 

Apesar das chuvas, por volta das 10h15 a CET registrava 22 semáforos com problemas, ou por estarem apagados ou por estarem em amarelo intermitente. O congestionamento ainda estava acima da média para o horário, com 112 quilômetros de tráfego carregado.

 

A via com maior trecho de lentidão era a pista expressa da Marginal do Pinheiros, no sentido Interlagos, que acumulava seis quilômetros de morosidade entre as Pontes Cidade Universitária e Rodovia Castelo Branco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.