SP inicia projeto de praça em homenagem às vítimas do Airbus da TAM

Prefeitura estuda projeto de memorial que ficaria em frente ao Aeroporto de Congonhas; acidente ocorreu em 2007 e deixou 199 mortos

Priscila Trindade, Central de Notícias

08 de abril de 2011 | 16h12

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo começa a desenvolver o projeto para construção da praça Memorial 17 de Julho, no terreno em frente ao Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da cidade, onde um avião da TAM caiu e matou 199 pessoas. O acidente aconteceu há quase quatro anos.

 

Segundo a publicação no Diário Oficial, as empresas terão entre 13 de abril para adquirir os convites. Os envelopes serão abertos na manhã do dia seguinte.

 

No dia 17 de julho de 2007, o Airbus A 320 varou a pista principal e atingiu um prédio próximo do aeroporto. Em março do mesmo ano, o presidente da TAM, Marco Antonio Bologna, anunciou que iria doar o prédio da TAM Express à Prefeitura para a construção de um memorial discreto e de uma praça em homenagem às vítimas da tragédia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.