SP deve ter R$ 184 mi para obras de contenção

Os recursos estão previstos no PAC 2, do governo federal; para a capital paulista serão destinados R$ 69,7 mi

Rafael Moraes Moura, O Estado de S.Paulo

12 Janeiro 2011 | 00h00

O governo federal pretende destinar R$ 184 milhões para obras de contenção de encostas em municípios do Estado de São Paulo neste ano. Só para a capital paulista estão previstos R$ 69,7 milhões.

Os recursos já estavam previstos no guarda-chuva do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2) e deverão chegar a Embu, Guarulhos, Mauá, Osasco, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São José dos Campos, São Paulo, São Vicente, Sumaré e Taboão da Serra.

A pasta pretende investir R$ 1 bilhão em contenção de encostas em todo o País, dos quais R$ 500 milhões devem ser disponibilizados no início deste ano - a outra metade deve ficar para o segundo semestre.

"A bola está com as prefeituras. Garantimos os recursos do Orçamento Geral da União, que estão disponíveis. Se elas forem ágeis, já no fim de 2011 essas obras podem estar prontas", afirmou o secretário nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades, Celso Carvalho.

Segundo Carvalho, foram priorizadas as localidades com maior histórico de acidentes. "Foi feita uma análise técnica, e todos os municípios que tinham projetos e demonstravam situação de risco grave receberão recursos", disse. Entre as ações previstas estão a recuperação da vegetação das encostas e a construção de muros de contenção.

São Paulo recebeu, em 2010, 7% da verba federal para prevenir enchentes ou remediar seus efeitos. O volume de dinheiro repassado foi de R$ 158 milhões. / COLABOROU MARTA SALOMON

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.