SP deve atingir índices de países desenvolvidos

A cidade de São Paulo vem apresentando melhora no índice de mortes em acidentes a cada 10 mil veículos, que é o parâmetro internacional para avaliar o grau de violência no trânsito.

, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2010 | 00h00

Em 2005, o índice na capital paulista era de 2,8; a última medição registra 2,1.

Enquanto isso, a média brasileira está acima de 6. "O índice de São Paulo é quase um terço da média brasileira, muito bom quando se leva em conta que o volume de veículos deixa o trânsito mais perigoso", diz o mestre em Transporte pela USP, Sérgio Ejzenberg.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) espera reduzir ainda mais esse número. "Nossa meta é nos próximos anos atingir o índice de capitais de países desenvolvidos, como Londres, que registra 1,6", diz o diretor de Planejamento e Segurança da CET, Irineu Gnecco Filho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.