SP cai no ranking das cidades mais violentas do Brasil

O número de assassinatos vem caindo em torno de 4,4% ao ano no País desde 2003

Lisandra Paraguassú, Agência Estado

29 de janeiro de 2008 | 15h46

O Mapa da Violência nos Municípios confirma a tendência de redução no número de homicídios na cidade de São Paulo. A capital paulista teve uma queda expressiva: passou do 182º lugar no ranking das cidades mais violentas para o 492º. A primeira capital a aparecer na lista é Recife, onde o índice médio de homicídios chega a 90 por 100 mil habitantes. Hoje, Recife está na nona posição como capital mais violenta, precedida por cidades do interior.   Veja também: 73,3% dos homicídios do Brasil acontecem em 10% das cidades Conheça as 10 cidades mais violentas do Brasil  Você acha que a violência diminuiu em São Paulo?  A íntegra da pesquisa sobre violência no País    O número de assassinatos vem caindo em torno de 4,4% ao ano no País desde 2003, invertendo um crescimento que vinha sendo regular. Entre 2004 e 2006, a queda foi de 5,4% na população em geral e de 13% entre os jovens. No entanto, a juventude continua sendo a mais atingida pelos homicídios. Em Breves, no Pará, 60% dos assassinatos foram de pessoas até 24 anos em 2006.   O mapa também mostra um aumento significativo do número de mortes envolvendo motociclistas. No período analisado, as mortes de motoristas aumentaram 83%. Apesar de ser a menor proporção no transporte, comparado com carros e pedestres, as mortes de motociclistas já representam 25% de todas as mortes no trânsito.

Tudo o que sabemos sobre:
mapa da violênciahomicídios

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.