SP aprova licença ambiental para ampliação de Viracopos

Obras da 2ª pista e do novo terminal de passageiros do aeroporto ficarão a cargo da Infraero

Wladimir D'Andrade, Agência Estado

27 Janeiro 2011 | 13h52

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta quinta-feira, 27, que o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), da Secretaria do Meio Ambiente, aprovou nesta manhã, por unanimidade, a licença ambiental prévia para a construção da segunda pista e do segundo terminal de passageiros do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

 

Veja também:

linkAlckmin quer construção de mais um aeroporto na Grande São Paulo

linkTaxas aeroportuárias - como a de embarque - serão variáveis em 2013

 

De acordo com Alckmin, com a aprovação da licença, acabam as obrigações do governo paulista em relação às obras, que ficam a cargo da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

 

O governador, porém, afirmou que o Estado de São Paulo continuará dando apoio logístico à União em Viracopos, sem detalhar como isso será feito.

 

Alckmin deu a informação após a apresentação da candidatura de São Paulo para receber o Centro de Mídia Internacional da Copa de 2014, em solenidade na sede da Prefeitura de São Paulo.

 

De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Viracopos recebeu 3,3 milhões de passageiros em 2009. Em 2010, a movimentação foi 63% maior, atingindo 5,4 milhões de passageiros.

Mais conteúdo sobre:
aviação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.