Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

SP amanhece com tempo instável e há previsão de chuva a qualquer hora do dia

Sensação de frio deve permanecer até o fim de semana

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

31 Julho 2018 | 09h27

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo amanheceu esta terça-feira, 31, com tempo instável e sensação de frio. Áreas de instabilidades estão sobre o Estado de São Paulo e provocam pancadas de chuva, de moderada a forte intensidade, em todas as regiões paulistas a qualquer hora do dia.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, colocou toda a cidade de São Paulo em estado de atenção para alagamentos às 6h20 desta terça-feira. O alerta foi encerrado às 7h.

Após 46 dias sem chuva, a capital paulista registrou, na noite desta segunda-feira, 30, precipitações em diversas partes da cidade, com maior intensidade na zona sul e oeste, além de ter chegado à região metropolitana. Ventos de até 57 km/h foram registrados, segundo o CGE, que destacou que a chuva veio acompanhada de raios e trovões.

De acordo com a Climatempo, a grande quantidade de nuvens que se espalha sobre o estado esta semana, a chuva e ventos frios, de origem polar, vão fazer a temperatura baixar em todas as regiões paulistas. Na Grande Paulo, a sensação será de frio a partir desta terça-feira até o fim da semana.

Segundo o CGE,  esta quarta-feira, 1, será marcada por variação de nebulosidade desde a madrugada, com possibilidade de alguns chuviscos isolados por causa da circulação marítima. 

Os termômetros devem ficar em torno dos 13°C, sol entre nuvens e temperatura máxima prevista de 18°C. As taxas de umidade do ar se manterão elevadas e devem oscilar entre 60% e 90%.

Um novo sistema frontal é previsto passar pelo estado paulista no dia 3 de agosto, trazendo chuvas mais significativas e declínio das temperaturas.

Julho encerra com temperaturas abaixo de zero em SC

A manhã desta terça-feira, 31, começou gelada nas cidades serranas de Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.  No estado catarinense, as menores temperaturas foram registradas nos municípios de Urubici (-1,3°C), Urupema (0,9°C) e São Joaquim (0,8°C). De acordo com o meteorologista Leandro Puchalski, as temperaturas vão permanecer baixas no decorrer da manhã em boa parte das cidades da Serra e região Oeste de Santa Catarina. Já para o período da tarde as temperaturas não devem subir muito, ficando entre 16°C e 18°C na maioria dos municípios. 

No Rio Grande do Sul as menores temperaturas registradas hoje foram em São José dos Ausentes, onde fez 1,7°C, e em Quaraí,  com 2,6°C. Em Cambará do Sul, o dia também amanheceu gelado, e os termômetros registraram 3,7°C; já e em São Borja, na fronteira Oeste,  fez 4,4°C. Apesar das baixas temperaturas que finalizam o mês de julho, o sol deve brilhar todo o Estado gaúcho nos próximos dias, ao menos até sexta-feira, 3. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.