Sorocaba terá 'muralha virtual' em 2014

Ruas de acesso à cidade serão monitoradas por uma central interligada a um sistema de câmeras

José Maria Tomazela,

05 de fevereiro de 2013 | 17h38

SOROCABA - A partir de janeiro de 2014 será impossível passar despercebido ao entrar na área urbana de Sorocaba, a 92 km de São Paulo. Projeto da prefeitura prevê a instalação de uma muralha virtual no entorno da cidade de 600 mil habitantes. As 34 vias de acesso serão monitoradas por uma central de inteligência interligada a um sistema de câmeras. Os equipamentos têm condições de rastrear as placas dos veículos. O sistema será interligado à rede Infoseg, sistema de informações de segurança pública integrado ao banco de dados do Ministério da Justiça.

O objetivo é aumentar a segurança e coibir principalmente o furto de veículos, crime de maior incidência. As câmeras podem ser acopladas aos radares de fiscalização de velocidade nas vias públicas. A muralha eletrônica vai completar o projeto de videomonitoramento iniciado com a instalação de 41 câmeras na região central, em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública. A prefeitura encaminhou pedido de outras 20 câmeras. A cidade registrou aumento de criminalidade em 2012, em comparação ao ano anterior. O número de homicídios subiu de 51 para 65, o de roubos foi de 2.019 para 2.374 e o de furto e roubo de veículos saltou de 2.374 para 3.134, segundo estatística da Secretaria da Segurança Pública do Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
Sorocabamuralha virtual

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.