Sorocaba aprova lei que fecha os bares às 23h

Donos de bar que quiserem deixar o estabelecimento aberto depois das 23 horas em Sorocaba, no interior paulista, vão precisar de uma licença especial da prefeitura. O projeto foi aprovado em sessão extraordinária pela Câmara na noite de anteontem e deve ser sancionado nesta semana.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, SOROCABA, O Estado de S.Paulo

19 Abril 2012 | 03h03

A medida afeta 1,2 mil estabelecimentos comerciais da cidade. O prefeito Vitor Lippi (PSDB), autor do projeto, diz que a lei vai disciplinar uma atividade que tem reflexo direto nos índices de violência. A prefeitura vai pôr nas ruas um comboio de fiscais com apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar para exigir o cumprimento da lei. Bares infratores estarão sujeitos a multa de R$ 1 mil, além da interdição e cassação do alvará.

Para obter a autorização para funcionar depois das 23h, o bar deve ser avaliado por uma comissão com representantes da prefeitura, Câmara, Polícias Civil, Militar e Federal, e do sindicato dos bares e restaurantes. O presidente do sindicato, Antonio Francisco Gonçalves, prevê demissões no setor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.