Soldado mata colega com tiro acidental

Um soldado do Exército morreu ontem de manhã após levar um tiro acidental na Vila Militar, em Deodoro, zona oeste do Rio. Jair Silva da Rosa, de 19 anos, foi atingido no pescoço por um tiro de fuzil disparado acidentalmente por outro soldado. Os dois eram do 2.º Regimento de Cavalaria de Guardas e preparavam o armamento, em procedimento de rotina, antes de entrar em serviço. Rosa era casado e deixou uma filha de 2 anos. O Exército prendeu em flagrante o autor do disparo e o caso será investigado.

O Estado de S.Paulo

16 de novembro de 2012 | 02h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.