Soldado da PM é morto por assaltantes em SP

Policial estava de folga quando foi atacado por três homens

Bruno Lupion e Ricardo Valota, do estadão.com.br,

15 de julho de 2010 | 06h08

SÃO PAULO - O soldado Valmir da Silva Lima, de 39 anos, foi assassinado por assaltantes, na noite de quarta-feira, 14, quando chegava em casa, na esquina da Rua Ministro Genésio de Almeida Moura com a Rua Carlos Adalberto Ilha Macedo, na Vila Brasil, região do Tremembé, na zona norte de São Paulo.

À paisana, no dia de folga e ocupando uma Honda Twister prata CB 250, o policial, que era lotado na 1ª Companhia do 15º Batalhão, de Guarulhos (Grande São Paulo), foi abordado, segundo testemunhas, por três homens que ocupavam um Santana vinho. Não se sabe ainda se o soldado reagiu para não ser morto ou se tentou evitar o roubo da moto.

Pelo menos 10 tiros foram ouvidos por moradores do bairro. Um dos disparos atingiu o soldado no peito. Mesmo encaminhado pela PM para o pronto-socorro do Hospital Municipal São Luiz Gonzaga, no Jaçanã, Lima, que não teve a moto roubada, acabou morrendo. Um dos assaltantes também foi baleado.

Um suspeito, minutos depois do tiroteio, deu entrada no mesmo pronto-socorro e teria sido levado pelos comparsas. Até as 3 horas, a Polícia Militar não sabia informar mais detalhe e a Polícia Civil negava-se a passar qualquer informação. O caso foi registrado no plantão do 73º Distrito Policial, do Jaçanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.