Soldado da PM é morto na frente de batalhão

O soldado da Polícia Militar Valdenir de Souza Zangirolani, de 41 anos, morreu ontem após ser baleado às 6h, quando chegava para trabalhar no 8.º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, na zona leste de São Paulo. Segundo a PM, ele estava em trajes civis quando foi alvejado por criminosos que fugiram de carro. Ao menos três tiros foram disparados contra o automóvel do soldado. A Corregedoria da PM investiga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.