Soldado da PM é morto em frente ao mercado de parentes em Guarulhos

Dois homens em uma moto escura se aproximararam e atiraram contra o policial, à paisana

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

06 de setembro de 2012 | 03h14

SÃO PAULO - O soldado da Polícia Militar Ismael Alves dos Santos, de 38 anos, lotado no 44º Batalhão, de Guarulhos, região leste da Grande São Paulo, foi morto com dois tiros às 21 horas de quarta-feira, 5, em frente ao mercado de parentes. O crime aconteceu na altura do nº 118 da Rua Pedro Avelino, no Jardim Lenise, na mesma cidade onde atuava.

 

Os tiros foram disparados por dois homens que se aproximaram da vítima, segundo testemunhas, em uma moto Honda CG escura, de placa não anotada. Mesmo encaminhado pelos familiares à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São João, o policial, que tinha 11 anos na corporação e estava à paisana, não resistiu aos ferimentos e morreu. A dupla continua foragida.

 

A polícia espera contar com eventuais imagens gravadas pelas câmeras de segurança do estabelecimento para poder esclarecer o assassinato, que foi registrado no 7º Distrito Policial de Guarulhos e será investigado pelo Setor de Homicídios. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da capital paulista poderá auxiliar nas investigações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.