Sol anima turistas e lota as praias da baixada santista

Movimento no litoral já é grande no Natal;perspectiva da chegada de mais turistas é bem maior, segundo Ecovias

Zuleide de Barros, especial para o Estado de S.Paulo

24 de dezembro de 2007 | 14h53

O sol que amanheceu tímido, mas antes do meio-dia surgiu com toda a sua força, animou os turistas que se encontram na região a pegar um bronze e a dar aquele mergulho no mar, lotando a maior parte das praias da Baixada Santista, especialmente em Guarujá. Na Praia das Pitangueiras era praticamente impossível arrumar uma vaga para estender a esteira na areia e armar o guarda-sol.   Ao contrário do que se esperava, os shoppings apresentaram movimento normal na manhã desta segunda-feira. A correria rumo aos centros de compras, sobretudo aos supermercados, foi maior na noite de domingo. Os consumidores tinham até dificuldade de encontrar vaga nos estacionamentos, como no Shopping Praiamar, localizado no bairro Aparecida, em Santos, onde também está instalado um hipermercado.   O aumento da temperatura, no domingo, em torno de 30 graus, levou muita gente às sorveterias e ao passeio à beira-mar, animando os visitantes, que ficaram impressionados com o capricho da iluminação natalina dos prédios e da orla, de modo geral. "Parece que os santistas estão mesmo animados com o Natal", afirmava a paulistana Eliana Rossi, moradora da Bela Vista, que decidiu descer a serra para passar as festas com a família, no Embaré, em Santos.   Se o movimento no litoral já é grande no Natal, a perspectiva da chegada de mais turistas é bem maior, a partir desta quarta-feira, conforme prevê a Ecovias, concessionária responsável pelo Sistema Anchieta/Imigrantes (SAI). A empresa calcula e um número estimado entre 780 mil a um milhão de veículos deve descer a serra, entre amanhã (quarta-feira) e a próxima segunda-feira, por conta da tradição de passar o réveillon à beira-mar.

Tudo o que sabemos sobre:
Praiasfim de anosol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.