Sobrevivente de deslizamento em Cunha sai da UTI, diz hospital

No dia 1º, seis pessoas da família de Aline Moron Silva morreram soterradas, após chuvas atingirem zona rural

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

29 Janeiro 2010 | 16h23

A sobrevivente de um deslizamento de terra em Cunha, no interior de São Paulo, que aconteceu no dia 1º deste ano, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital 9 de Julho, nesta quinta-feira, 28.

 

Veja também:

linkChega a 31 os municípios em situação de emergência em SP

linkComitê acusa Sabesp de ignorar alerta sobre níveis

forum Enquete do Garoa: 69 mortes na temporada de chuva: quem é responsável?

video TV Estadão: 'Este é o mês com maior chuva acumulada em 15 anos'

mais imagens Olhar Sobre o Mundo: Jardim Romano: Cidadania “encharcada”

 

Segundo boletim do hospital, Alice Moron Silva, de 41 anos, está internada em um quarto. Apesar de ainda não poder caminhar, os médicos que acompanham o quadro clínico dela consideram sua evolução boa. As lesões estão cicatrizadas. Ainda não há previsão de alta.

 

Alice deu entrada no hospital no dia 2 de janeiro, com quadro de Politraumatismo. No dia 9, ela foi submetida a uma cirurgia ortopédica para fixação das fraturas de coluna e de pelve.

 

No dia 1º, seis pessoas da família de Aline morreram soterradas, após chuvas atingirem a zona rural de Cunha. A Prefeitura do município decretou estado de calamidade pública no último dia 5.

Mais conteúdo sobre:
chuvas SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.