Sobram vagas no Regime Disciplinar Diferenciado

O secretário de Administração Penitenciária de São Paulo, Lourival Gomes, diz que nunca o Estado teve um número tão pequeno de presos no chamado Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), em que o preso fica isolado 23 horas por dia. Das 160 vagas, só 20 estão ocupadas atualmente.

Bruno Paes Manso, O Estado de S.Paulo

16 Setembro 2013 | 02h04

"E tem um outro RDD que nós nem inauguramos, na Penitenciária I de Avaré", afirma. Questionado sobre o motivo de o Estado ter um número tão baixo de presos nesse regime, o secretário afirmou que sua função é juntar as informações que vêm das prisões, fazer um expediente e encaminhar para o juiz. "O juiz interna quando acha que tem de internar e não permite quando não vê necessidade."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.