Sobe para nove o número de mortos em desabamento em SP

Igreja Renascer divulga lista com 120 nomes de feridos; Corpo de Bombeiros contabilizava 96 até esta manhã

da Redação,

19 Janeiro 2009 | 06h46

O número de mortos no desabamento do teto da sede da Igreja Renascer em Cristo subiu para nove nesta segunda-feira, 19. Luísa Silva, de 62 anos, morreu às 6h30 desta segunda, segundo informações da Santa Casa. Outra paciente, Regina Barbosa Melo Gutierrez, continua internada no hospital. Rene Zenil Paula Santos já recebeu alta, segundo a assessoria.   De acordo com a assessoria do Hospital das Clínicas, Maria de Lourdes da Silva, de 67 anos, morreu às 5h50 em consequência de politraumatismo e esmagamento de uma das pernas. As outras vítimas identificadas pelo IML são: Maria Amelia de Almeida, 60 anos; Acir Alves da Silva, 80; Maria Erlisa, 48; Gabriela Lacerda, 15; Dalva Ferreira de Oliveira, 70, e Silva Gomes Moreira, 50. Um morto ainda não foi identificado.   Veja também Liberado trânsito na rua Lins de Vasconcelos Casal Hernandes divulga nota sobre desabamento Igreja Renascer divulga lista das vítimas do desabamento Teto da Igreja Renascer desaba na zona sul de SP; há mortos   A assessoria de imprensa da Igreja Renascer em Cristo divulgou, na madrugada desta segunda-feira, uma lista dos feridos no desabamento. A lista divulgada tem 120 nomes, enquanto os bombeiros até agora confirmam a existência de 96 feridos. As buscas por sobreviventes ainda prosseguem no local.   O teto da sede, na Rua Lins de Vasconcellos, no Cambuci, zona sul de São Paulo, desabou completamente às 18h50 de domingo, no momento em que fiéis do culto das 17 horas saíam e outros chegavam para a celebração seguinte. Cerca de 400 pessoas estavam no local, que tem capacidade para 1.800 pessoas.   Quarenta viaturas do Samu e do Corpo de Bombeiros faziam o resgate dos feridos, que eram levados de ambulância - algumas vindas de outras cidades - para diversos hospitais da região. Uma pista improvisada para pouso de helicópteros também foi montada no local.   Oito imóveis nas imediações do templo foram evacuados e interditados pela Defesa Civil. Somente nesta segunda-feira serão inspecionados para saber se sofreram danos estruturais ou se poderão voltar a ser habitados.   Testemunhas   "Ouvi um barulho forte, como se fosse um furacão, e o teto caiu inteiro junto", disse o estudante Felipe Guimarães, de 17 anos, que estava sentado na primeira fileira e conseguiu se salvar. "Parecia um dominó. Corri, mas vi muita gente presa e pedindo socorro", contou Maria Cristina dos Santos, de 61 anos, que estava na porta quando o teto desabou. Segundo ela, um grupo de 20 crianças que estava perto da porta conseguiu escapar sem ferimentos.   Da porta da igreja, era possível enxergar os ferros retorcidos da estrutura e destroços. Diante do templo, bombeiros estenderam uma lona para prestar os primeiros socorros às vítimas. Cerca de 3 mil curiosos e evangélicos de outras igrejas foram ao local e houve tumulto. A reportagem presenciou pelo menos cinco brigas violentas. O repórter do Estado Gustavo Müller chegou a ser agredido com dois socos. A polícia afastou os curiosos da área de atendimento às vítimas e interditou as ruas da região.   Trânsito   A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) liberou por volta das 4h45 desta segunda-feira, 19, o trânsito na Rua Lins de Vasconcellos, próximo ao local do desabamento da sede da Igreja Renascer. A Rua Robertson foi bloqueada, entre a Lins e a Lacerda Franco. A assessoria da Renascer divulgou nota pedindo para que a população evite a região. A grande movimentação de carros e pessoas teria atrapalhado os trabalhos de resgate às vítimas do desabamento do teto do templo.   Renascer   A igreja, considerada a segunda maior denominação neopentecostal brasileira, foi fundada em São Paulo, em 1986, por Estevam Hernandes e Sônia Hernandes, que foram presos em 2007 nos Estados Unidos, por entrar no país com dólares não declarados.   A Renascer controla hoje uma rede de TV, uma gravadora, rede de rádio, uma editora e possui a Fundação Renascer, mantenedora de suas obras assistenciais.   Estima-se que haja hoje cerca de 1.500 templos espalhados por todo o Brasil e países como Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Espanha, Japão, entre outros, somando mais de dois milhões de fiéis.   A Renascer é uma das mais conhecidas igrejas evangélicas do País. Em 2005, o jogador de futebol Kaká se casou no local. Em janeiro de 2008, o craque, que havia conquistado em 17 de dezembro do ano anterior o troféu de melhor jogador do mundo, esteve no templo para expor o prêmio. Ele passou a virada do ano em um culto lá, junto com a mulher, Caroline Celico.   A lista dos feridos, segundo a contagem da Renascer, é a seguinte:   Hospital das Clínicas Cilene Aparecida Cristina Rodrigues dos Santos Evani Delamares Lima Fábio de Oliveira - estado grave  Jade Milene de Queroz Ferreira Jade Mineria Maria Lucia da Silva Milene de Queiroz Olga Doloso Silva   Hospital Ipiranga Solange Ap Costa Sirlene Galvão dos Santos Alex Issa Junior Daniele Carvalho Elaine Cristina Dias Gomes Francisca Cavalcante Ludmila Betta Rocha Nadia Lucia de Souza Nelise (Nilce) Aprima Stephani Votoran dos Santos Viviane Meire dos Santos   Hospital Vergueiro Idaine O. de Freitas Angelina de O. Silva Carmelito Leonardo Daiane O. de Freitas Evelise Del Corso - estado grave Giselma Maria Nascimento Gilmar V. da Silva Hermínia B. dos Santos Joselma Maria Nascimento Maria Aparecida Costa Marta Gomes Ofélia Batista Olga Bernardes Ruth F. da Silva   Hospital Cruz Azul Adriana Cristina de Oliveira dos Santos Cécia da Hora Alexandrino da Silva - teve ALTA Aguinaldo do Espírito Santo Diniz Alcyr Fernando Gomes de Azevedo Ana Paula de Oliveira Antonio Carlos Costa de Oliveira Junior - teve ALTA Belquior Custódio Júnior Cássia Dias Novakoski Caique Eleotério - teve ALTA Cláudia Mara Oshiro Dalva Haremi Fukusig Francisco Cipriano- teve ALTA Luciana Cristina Prudente de Lima - teve ALTA Maria José da Anunciação Mary Selma Valdambrini dos Santos - teve ALTA Melchior Custódio Júnior Michelle George Barrak Regina Barbosa de Melo Gutierrez Renata Ferreira Merussi Robert Juliano Rodrigues Custódio - teve ALTA Rosimeire Maria da Anunciação Sébora Lúcia Pereira Solange Cristina Eleutério Cipriano- teve ALTA Taiane Cipriano da Silva- teve ALTA Thais Alberta Lorena Santana Vanda Divina- teve ALTA Yoon Soon Kim   Hospital São Paulo Adriana Eleoterio -em CIRURGIA Gustavo Gugla Santana Adriana Nipetorio Bruna Aparecida Prestes Dca Sonia Nunes Douglas Luis da Mata - estado GRAVE Gabriel Romao da Silva (em cirurgia - braço) Giovana Guedes Santos Gustavo George Santana Jose de Cavalcante Souza Neto Jose de Souza Neto Marta Bispo Santos Vilela - estado GRAVE Oscar Aquira Tado -estado GRAVE Rebeca Martins da Silva = estado GRAVE Roberta Martins da Silva Sidneia Mendes Da Silva Giovani - em CIRURGIA Everton da Silva   Hospital Santa Cruz Gilvania Guedes Santos Taisa Alberto Lorena Santa Debora Lucia Pereira Marta Gomes Adenilson Borges de Barros Cilene Galvao dos Santos Raimundo Sampaio Carvalho Cristina Rodrigues dos Santos Gilmar Pereira da Silva Herminia Bispo dos Santos Cessia Alexandrina da Silva Presbítera Cidinha Bruna Pretti Marta Bispo Maria de Lourdes da Silva Marisalva Santana Souza Costa   Hospital Dom Antonio Alvarenga   Raimunda Sampaio Carvalho   Hospital Saboia Elisete Guedes Papalargo - recebeu ALTA Roseli Aparecida do Prado - recebeu ALTA   Hospital São Camilo  Lucimar Rosana Paparrazo Pryscila Lindseyk Goncalves Rodrigo Aguiar Elizete Melo Mendonca Sheila Rosana de Lima Kauanny Brilhante Mendes Porto Kaue Goncalves da Silva Kaiky Goncalves da Silva Tauany Julia Ferreira Silva Marines Beijar Veneroso Russo Monica Damasceno Bezerra   Hospital Bandeirantes Erica Mello - recebeu ALTA   Hospital Santa Helena Guilherme Scheidt   Hospital da Glória Gabriel Monteiro da Silva Neto   Santa Casa Luiza Silva Tomiu Regina Barbosa Melo Gutemberg - em CIRURGIA Benezinha Paula Santos Eduardo Alonso Gutierrez Renize Nil   Hospital São Luis  Andrea de Arruda Beltrão - recebeu ALTA Etiene Barraqui - recebeu ALTA   Vítimas fatais identificadas pelo IML Maria Lourdes da Silva Maria Amelia de Almeida, 60 anos Acir Alves da Silva, 80 Maria Erlisa, 48 Gabriela Lacerda, 15 Dalva Ferreira de Oliveira, 70 Silvia Gomes Moreira, 50   Texto ampliado às 10h26 para acréscimo de informações. var keywords = "";

Mais conteúdo sobre:
Igreja Renascer tragédia na Renascer

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.