Sobe para 65 número de vítimas de chuvas no Estado de SP

Região é castigada por temporais desde 1º de dezembro; duas pessoas ainda estão desaparecidas no interior

Solange Spigliatti, da Central de Notícias, com Jornal da Tarde,

28 Janeiro 2010 | 14h46

Subiu para 65 o número de mortos pelas chuvas que afetam o Estado de São Paulo desde 1º de dezembro. O corpo da 65ª vítima, o lavrador José Milton do Carmo, de 34 anos, foi encontrado em Cunha, interior paulista. Ele morreu ao ser arrastado pela correnteza de um riacho do bairro da Gabiroba, quando tentava atravessá-lo de moto. O acidente teria acontecido por volta das 22 horas da última terça-feira.

 

Veja também:

linkEm 3 dias, 1,3 mil deixam casas em Atibaia

linkPrefeitura de SP começa a mutirão antienchente

linkChuvas obrigam mais de 23 mil a deixar suas casas em SP

linkInundações deixam 800 desabrigados no Vale do Ribeira

 

No dia 1º, sete pessoas da mesma família morreram soterradas, também na zona rural de Cunha. Na manhã desta quinta, as equipes de resgate do Corpo de Bombeiros retomaram as buscas a dois homens que desapareceram durante os temporais da tarde de terça, em Alumínio e em São Roque, no interior de São Paulo.

 

Em São Roque, as buscas se concentravam no córrego Araçari, onde um homem que sofre de deficiência mental teria caído durante a chuva. O córrego havia transbordado e, segundo testemunhas, o homem caminhou em direção à correnteza.

 

Em Alumínio, os bombeiros procuravam o corpo de Adauto Vaz, de 35 anos. Ele teria tentado passar um trecho alagado com sua bicicleta e acabou caindo nas águas do córrego Varjão, que corta a área urbana.

Mais conteúdo sobre:
SP chuvas em SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.