Sobe para 6 o número de cidades paulistas em alerta por chuvas

Bragança Paulista, Mauá, Atibaia, Jundiaí, Sumaré e São José dos Campos decretaram alerta

Marília Lopes e Pedro da Rocha, Central de Notícias

13 Janeiro 2011 | 19h46

SÃO PAULO - Bragança Paulista, no interior de São Paulo, decretou estado de alerta pelas chuvas que caem na cidade nos últimos dias. Os ribeiros Califórnia e Lava Pés, que cortam a cidade, transbordaram e inundaram diversos bairros.

 

Veja também:

linkAlckmin pede ao governo federal recursos para piscinões

linkRios transbordam e inundam Jaguariúna

linkPopulação de Franco da Rocha receberá auxilio

linkSão Paulo já teve toda a chuva esperada para janeiro

 

A cidade foi a sexta a decretar o alerta, junto com Mauá, Atibaia, Jundiaí, Sumaré e São José dos Campos. O Estado registra 23 mortes em decorrência das chuvas e 22 pessoas feridas. Segundo a Defesa Civil, desde o dia 1.º de dezembro, quando começou a Operação Verão, 73 municípios já foram afetados pelos temporais.

 

O coordenador da Defesa Civil Municipal de Bragança Paulista, Alexandro Olegário, contou que a abertura da comporta da represa do sistema Cantareira, dos rios Jaguari e Jacareí, contribuiu com as inundações.

 

Os bairros da área urbana de Bragança Paulista mais afetados foram Vila Califórnia, Vila Malva, Lava Pés, Toró e Popó. Na região rural os bairros de Menin e Guaripocaba do Souza, onde duas famílias foram removidas e 25 tiveram que sair de casa, foram os mais atingidos.

 

Em todo o Estado, quase duas mil pessoas estão desabrigadas (aquelas que perderam tudo e precisam de abrigos públicos) e mais de nove mil se encontram desabrigadas (aquelas que podem contar com a ajuda de vizinhos e familiares).

Mais conteúdo sobre:
chuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.