Sobe para 14 número de mortos em Itaoca

Segundo a Polícia Civil, outros dois corpos que podem ser de vítimas do temporal estão aguardando identificação

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

16 de janeiro de 2014 | 15h20

ITAOCA – Mais um corpo foi encontrado em Itaoca, no sudoeste paulista, no início da tarde desta quinta-feira,16. Sobe para 14 o número de vítimas já encontradas e identificadas do temporal que atingiu a cidade na madrugada de segunda-feira, 13.

O corpo de Diocleciano José da Rocha, de 75 anos, foi localizado a 600 metros do local em que ele foi arrastado pelas águas, no bairro do Lageado. De acordo com a Polícia Civil, outros dois corpos que podem ser de vítimas do temporal estão aguardando identificação. Um deles foi achado boiando no rio Ribeira, próximo de Iporanga.  As pancadas de chuva têm dificultado o trabalho das equipes de resgate na busca pelos desaparecidos.

A parte da cidade que não foi atingida tenta voltar ao normal. Na parte alta não há casas destelhadas, nem lama nas ruas. O comércio abriu e os moradores que nada sofreram se engajam como voluntários para ajudar os outros. Cerca de 100 casas e lojas foram afetadas e 19 ruíram completamente. Mais de 300 pessoas continuam desalojadas e 20 estão abrigadas em uma escola. A base da Polícia Militar e o cartório civil da cidade foram tomados pelo barro.

Uma corrente de solidariedade ameniza a dor. Carros com alimento, água, cobertores, colchões e roupas chegam de cidades vizinhas, como Apiaí e Ribeira. A Secretaria de Estado da Saúde enviou outra equipe com médico e enfermeiras e a Cruz Vermelha também está no local.

Mudança. A tromba d'água foi tão intensa que mudou a geografia da região. O Rio Palmital e seu afluente, o Guarda Mão, correm no fundo de um vale em forma de funil, ladeado pelas encostas altas e íngremes da Serra de Paranapiacaba. O aguaceiro atingiu essas encostas e descolou pedras, que rolaram morro abaixo. A água da chuva ganhou velocidade ao escorrer pelo morro e chegou com a força de uma avalanche no leito dos rios.

Mais conteúdo sobre:
itaocachuvastemporalenchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.