Só um PM segue preso após onda de violência

Dos 18 PMs presos pela série de assassinatos na Baixada Santista, apenas um continua preso - o resto foi solto por decisões da Justiça. Em abril, 23 pessoas foram executadas supostamente pelo grupo de "PMs Ninjas".

, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.