TV Estadão | 16.07.2015
TV Estadão | 16.07.2015

'Só fui o azarado da vez', diz motorista do Uber que foi atacado

Ele passou esta segunda-feira prestando depoimentos sobre o caso

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

11 de agosto de 2015 | 03h00

O motorista do Uber que afirma ter sido atacado por taxistas conta que passou esta segunda-feira, 10, prestando depoimentos sobre o caso. Ele disse estar com medo e afirma acreditar que não tenha sido um alvo específico: “Só fui o azarado da vez”, declarou.

Como foi o ataque? O que disseram para você? 

Olha, não quero falar muito e até não posso. É aquilo que você leu (no registro da ocorrência e nas reportagens sobre o caso que já haviam saído na internet). 

Quando você viu que era uma emboscada? Os taxistas estavam nos táxis?

Não. Era só uma multidão. Aconteceu como está no boletim de ocorrência.

O Uber está te ajudando?

Sim.

Você tem medo que possa acontecer de novo?

Com certeza, não só comigo mas também com os outros motoristas

Você acha que o ataque foi algo contra você ou você foi simplesmente o motorista que atendeu o chamado e, por fim, caiu na armadilha?

Não, tenho certeza de que fui só o azarado da vez.

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloUber

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.