Só agora, desabrigados de Angra vão receber casas

Um ano e 48 dias depois do temporal que arrasou Angra dos Reis e deixou 52 mortos e 1,2 mil desabrigados, o governo do Rio entregou ontem os primeiros 140 apartamentos para quem perdeu suas casas. Outros 660 ainda estão sendo construídos.

Clarissa Thomé / RIO, O Estado de S.Paulo

19 Fevereiro 2011 | 00h00

"A maioria das pessoas tinha escritura da terra, pagava IPTU, e agora tem de se contentar com apartamento de 46 metros quadrados", queixou-se o presidente da Associação de Moradores Atingidos pela Tragédia de Angra (Amata), Bruno Marques. Os desabrigados recebem aluguel social de R$ 510 desde os deslizamentos, mas o benefício inflacionou o mercado imobiliário.

Segundo o subsecretário de Obras, Hudson Braga, foi difícil encontrar terrenos.

Na região serrana, cujos deslizamentos de janeiro mataram 905 pessoas, 7 mil famílias da região começam a receber hoje o aluguel social, que vai ser de R$ 400 a R$ 500.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.