Skinheads agridem gays em praça de BH; é o 2º caso de violência no local em 1 semana

Pela segunda vez em menos de uma semana, a Praça da Liberdade, um dos principais cartões-postais de Belo Horizonte, viveu cenas violentas de intolerância. Na noite de quarta-feira, três jovens que seriam skinheads agrediram com soco-inglês e chutes dois rapazes de 18 e 16 anos que namoravam em um banco da praça.

, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2011 | 00h00

O mais novo conseguiu correr, mas seu companheiro continuou sendo agredido. O rapaz ferido foi levado a um hospital e liberado. Dois agressores foram detidos e um fugiu. Um dos skinheads, de 17 anos, confessou à polícia que agrediu os rapazes por "não tolerar gays".

Na madrugada de sábado, punks já haviam esfaqueado dois skinheads na mesma praça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.