Skinhead acusado de matar punk é indiciado

O skinhead Guilherme Lozano Oliveira, de 20 anos, foi indiciado anteontem sob acusação de matar o punk Johni Raoni Falcão Galanciak, de 25, dia 3, na frente do Carioca Club, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Segundo a delegada Margarette Barreto, da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, ele foi indiciado por homicídio doloso. O rapaz, que estava detido no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, seguiu para um presídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.