Sistema tem pelo menos uma falha a cada dez dias

Em 142 dias - de 2 de maio até ontem -, as quatro linhas do Metrô apresentaram pelo menos 14 falhas - média de um problema a cada dez dias. Mas o número pode ser muito maior. A contabilidade leva em conta apenas casos registrados pelo "Estado" - geralmente os que mais afetam os passageiros.

Renato Machado, Eduardo Reina, O Estado de S.Paulo

22 Setembro 2010 | 00h00

A Linha 3-Vermelha foi, por esse levantamento, a que mais teve problemas: 7. entre panes elétricas e falhas na via.

O "Estado" vem solicitando há mais de duas semanas ao Metrô um balanço dessas falhas. Mas recebeu apenas dados sobre problemas de mais de cinco minutos de duração - em 2009, foram 30 ocorrências; neste ano, 12, contando a de ontem. Passageiros reclamam no entanto que as falhas de menor duração têm sido quase diárias.

Os principais problemas estão nos chamados equipamentos de via, que incluem sinalização e comunicação de trilhos e trens. Nas Linhas Azul e Vermelha, esse sistema já está em funcionamento há 35 anos. E só agora o governo estadual abriu licitações para modernizá-lo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.