Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Sistema Cantareira sobe mesmo sem chuva há quatro dias

Manancial registrou alta de 0,2 ponto porcentual e está com 18,4% da capacidade, ou, segundo o novo cálculo da Sabesp, com 14,3%

O Estado de S. Paulo

27 de março de 2015 | 09h09

SÃO PAULO - Pelo 21.º dia consecutivo, o Sistema Cantareira, que abastece de água 6,5 milhões de pessoas na Grande São Paulo, registrou alta. Nesta sexta-feira, 27, informam dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), a variação positiva de 0,2 ponto porcentual ocorreu mesmo sem ter chovido na região do manancial. Agora, o sistema conta com 18,4% de sua capacidade. A área do Cantareira está há quatro dias sem precipitações.

O Cantareira subiu 0,2 ponto porcentual mesmo de acordo com o novo cálculo adotado pela Sabesp -- de divisão do volume armazenado sobre o total, que considera as duas cotas de volume morto adicionadas no ano passado - e opera com 14,3% de sua capacidade.

Em outros dois reservatórios, o Alto Tietê e o Rio Grande, houve queda do nível de água acumulada entre um dia e outro. No primeiro, o volume baixou de 23,1% para 23%. Por sua vez, o Rio Grande caiu de 98% para 97,8%.

O Sistema Guarapiranga manteve estabilidade, permanecendo em 85% de sua capacidade total. Já o Alto Cotia subiu 0,2 ponto porcentual, atingindo um volume de 64,3%. O Sistema Rio Claro subiu menos, 0,1 ponto porcentual, alcançando a marca de 43,6% nesta sexta-feira, 27.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.