Tiago Queiroz
Tiago Queiroz

Sistema Cantareira apresenta alta pelo terceiro dia seguido

Chuvas dessa sexta ajudaram o principal reservatório que abastece a capital paulista a subir 0,2 ponto porcentual e chegar a 5,6%

O Estado de S. Paulo

07 Fevereiro 2015 | 10h00

SÃO PAULO - A chuva forte que atingiu a capital e a Grande São Paulo na sexta-feira fez subir o nível dos principais reservatórios que abastecem essas regiões. O Sistema Cantareira, que serve cerca de 8,1 milhões de pessoas, subiu 0,2 ponto porcentual em relação ao último relatório e opera com 5,6% de sua capacidade. É o terceiro dia seguido que o manancial apresenta alta em 2015.

Além do Cantareira, os outros cinco mananciais também tiveram aumento no volume de água represada. O Guarapiranga registrou a maior pluviometria do dia, com 23 milímetros, e opera com 51,1% de sua capacidade. O acumulado de chuvas do mês no reservatório já chega em 91,6 mm, quase metade da média histórica.

O Alto Tietê subiu 0,6 ponto porcentual e sua capacidade passou para 12,1%. Alto Cotia, Rio Grande e Rio Claro operam com 32,2%, 78,2% e 30,9% de suas capacidades, respectivamente.

Mais conteúdo sobre:
crise da água Cantareira

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.