Sino levado de igreja de Santo Antonio do Pinhal é devolvido

Arrependido, autor do furto deixou o objeto em uma das rodovias de Taubaté com um bilhete: 'Sou devoto. A fé faz as coisas impossíveis se tornarem possíveis'; peça será recolocada na torre da Igreja Matriz

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

16 Dezembro 2010 | 04h44

Um dos quatro sinos levados de igrejas localizadas em cidades da região de Taubaté (SP), no Vale do Paraíba, foi devolvido pelo suposto ladrão, por volta das 15 horas de quarta-feira, 15. Arrependido, o autor do furto deixou a peça no quilômetro 3, próximo ao Trevo da Volks, da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), em Taubaté.

 

Foi um usuário da rodovia quem viu a peça no acostamento da estrada e ligou para a delegacia de Santo Antonio do Pinhal, a 177 quilômetros da capital, após encontrar ao lado da peça um bilhete no qual estava escrito: "Estou devolvendo o sino de Santo Antônio do Pinhal, pois sou devoto. A fé faz as coisas impossíveis se tornarem possíveis".

 

De bronze, pesando mais de 50 quilos e da época do Brasil Imperial, o sino, furtado no último sábado, 11, está guardado na delegacia da cidade e será recolocado na torre, de 27 metros de altura, da Igreja Matriz na manhã desta quinta-feira, 16.

 

Outros casos - A igreja no bairro de Paiol, na zona rural de Taubaté, teve o sino furtado no mesmo sábado. São Luís do Paraitinga e Natividade da Serra foram alvo de criminosos no começo do mês. Para a Polícia Civil de Taubaté, as quatro ocorrências podem ter sido obra da mesma quadrilha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.