Síndico leva visitantes para ver cabo de aço

Edifício Copan: Projetado por Niemeyer, o prédio erguido entre 1951 e 1966 é o símbolo de SP

, O Estadao de S.Paulo

19 Março 2010 | 00h00

Entre os moradores dos 1.160 apartamentos e frequentadores das 72 lojas do Copan, ninguém conhece melhor os segredos do prédio do que Affonso Celso de Oliveira, de 70 anos - que, síndico do condomínio há 17 anos, vive ali há 47. E é no subsolo dos 35 andares que fica uma desconhecida curiosidade: a ponta de um cabo de aço que vai dar no terraço do edifício. "Gosto de vir aqui e sentir o prédio", diz Oliveira. "É o "coração" do Copan." De acordo com ele, o cabo, instalado ali durante a construção, serve justamente para mostrar as oscilações e vibrações do edifício. E é um point que ele faz questão de mostrar aos visitantes que costuma receber, entre estudantes, arquitetos, pesquisadores e curiosos - por ano, são cerca de 3 mil pessoas, brasileiros ou de outros 29 países.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.