Sindicato cadastra locais que fazem vistoria prévia

O sindicato que representa as oficinas mecânicas de São Paulo tem há cerca de dois anos um programa para cadastrar estabelecimentos que estão habilitados a fazer a inspeção veicular ambiental. A proposta da entidade, até agora, era que essas oficinas fossem habilitadas a fazer a inspeção antes da vistoria oficial, feita pela Controlar.

O Estado de S.Paulo

13 Março 2013 | 10h14

O programa tem mais de 300 oficinas cadastradas, segundo o site do Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo (Sindirepa). Parte delas fica fora da capital. A inscrição da oficina nesse programa é gratuita. Mas o local precisa apresentar comprovações de que tem condições de fazer uma vistoria idêntica à da Controlar, com certificados atestando, por exemplo, a conformidade dos equipamentos de medição de gases ou a capacitação dos mecânicos que fazem o trabalho. Um dos requisitos, no entanto, é que a oficina seja associada ao sindicato.

As oficinas credenciadas, além de receber um certificado do sindicato que atesta a capacidade em realizar a inspeção, também ficam em uma lista, no site do sindicato, para serem procuradas por consumidores interessados no serviço.

Algumas oficinas da capital chegam até a levar o carro do freguês para fazer a vistoria oficial após a contratação do serviço de pré-inspeção. O sindicato oferece ainda um curso, também gratuito, específico para formação dos mecânicos que farão a vistoria ambiental. As aulas também são oferecidas para donos das empresas de reparação e até para balconistas desses estabelecimentos.

A presidência do Sindirepa não foi localizada ontem por sua assessoria de imprensa para comentar o novo projeto de lei da gestão Fernando Haddad. / BRUNO RIBEIRO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.