Sindicalista é assassinado na Zona Norte

Dois homens não identificados teriam atirado de uma moto que passava pelo local

Central de Notícias, Kívia Costa

13 de novembro de 2010 | 15h16

SÃO PAULO - O diretor de base do Sindicato dos Motoristas de São Paulo, José Carlos da Silva, de 50 anos, foi assassinado na noite desta sexta-feira no Jardim Peri, Zona Norte de São Paulo, informou o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindmotoristas).

 

Silva, que trabalhava na Viação Sambaíba, foi encontrado pela polícia dentro de um Polo Prata por volta das 20h20 de ontem, na Rua Araújo de Castro, em frente a uma padaria. O vidro do lado motorista estava estilhaçado e a PM encontrou cinco projéteis no local.

 

Segundo a polícia, dois homens ainda não identificados teriam feito os disparos a partir de uma moto.Uma testemunha disse à PM que Silva estava com outro rapaz em um estabelecimento próximo ao lugar crime, onde ficou por duas horas.

 

O sindicalista chegou a ser socorrido no Hospital Geral Vila Nova Cachoeirinha, mas não resistiu.

O caso foi registrado como homicídio simples no 13º DP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.