Shopping Tatuapé fica sem clientes

Centro de compras é ligado a estação de metrô

O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2012 | 03h04

Uma hora após a abertura, o Shopping Metrô Tatuapé, que é interligado à estação de metrô, tinha ainda pelo menos cinco lojas fechadas e corredores e praça de alimentação vazios. "Só fica desse jeito com greve", contou a atendente da loja da Cacau Show Cristiane Marques, de 25 anos, que só conseguiu abrir o comércio às 11h06.

Moradora de Itaquera, ela contou que saiu de casa às 7h45, uma hora antes do costume. Chegou atrasada. "Eu sempre venho de metrô, mas hoje tive de pegar o ônibus e a Radial Leste estava lotada. Eu me atrasei, mas a sorte é que os clientes também não conseguiram chegar."

Por volta de meio-dia, a loja da Hering tinha três dos seis funcionários esperados. "Ninguém conseguiu chegar por causa do trânsito. Eu ainda tive sorte, porque vim da zona norte e peguei o contrafluxo", conta a vendedora Suellen Silva, de 25 anos, que foi de carro para o trabalho.

Suellen conta que a maior parte dos clientes do shopping chega de metrô. "Mesmo que volte (o metrô) à tarde, as pessoas já estão muito cansadas da ida para o trabalho e vão voltar para casa."

Achar um lugar na praça de alimentação na hora do almoço é coisa rara. "Nunca vi isso tão calmo", disse o contador Agenor Paulo Linhares, de 44 anos. / CRISTIANE BOMFIM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.