Shopping 25 é fechado e polícia apreende 1 milhão de produtos piratas

Foram vistoriados 355 estabelecimentos, mas apenas 26 lojas apresentaram nota fiscal

Gheisa Lessa, Estadão.com.br

14 de junho de 2012 | 13h50

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo apreendeu 1 milhão de produtos piratas, entre tênis, roupas, bolsas, celulares e relógios, durante uma vistoria realizada na última quarta-feira, 13, no Shopping 25 Brás, na Rua Barão de Ladário, no centro da capital. O empreendimento está lacrado e o alvará de funcionamento será cassado.

Foram vistoriados 355 estabelecimentos, mas apenas 26 lojas apresentaram nota fiscal provando que estão sendo analisadas pela Secretaria da Fazenda Estadual. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, nenhuma delas apresentou licença de funcionamento.

Cinco estabelecimentos alimentícios também foram interditados pela Coordenação de Vigilância em Saúde (COVISA). Durante a ação, que contou com apoio da Polícia Federal e da Polícia Civil, 139 pessoas foram identificadas como estrangeiras e três acabaram conduzidas por agentes federais por não estarem com a documentação regularizada.

Balanço. Entre dezembro de 2010 a maio de 2012 foram apreendidos na cidade de São Paulo mais de 60 milhões de produtos ilegais, dos quais 40 milhões encontrados durante as 36 operações integradas por órgãos federais, estaduais e municipais. Foram detidos mais de 600 estrangeiros sem documentação, 150 dos quais tiveram de deixar o País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.