Sete vítimas de acidente aéreo são identificadas

Sete dos 16 corpos das vítimas da queda do avião L-410 da Noar Linhas Aéreas foram identificados ontem pelo Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. A perícia preliminar aponta que a causa da maioria das mortes foi politraumatismo, por causa do impacto da queda. O acidente aconteceu anteontem.

, O Estado de S.Paulo

15 Julho 2011 | 00h00

A Noar suspendeu os voos de ontem para que a aeronave restante da companhia - um L-410 idêntico - pudesse ser vistoriada pelas autoridades. Hoje, a empresa deve retomar suas operações no trecho Recife-Maceió. Fabricante do avião, a empresa checa Let Aircraft divulgou nota lamentando o acidente e reiterou que não vai se pronunciar até o fim das investigações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.