Sete morrem em acidente em Campinas

Sete pessoas morreram e sete ficaram feridas em um acidente no anel viário que liga as Rodovias D. Pedro I e Anhanguera, em Campinas, às 18h30 de sábado. Segundo a Polícia Rodoviária, um Fiat Uno atravessou o canteiro e invadiu a pista contrária. O veículo colidiu frontalmente com uma van que levava 12 funcionários da loja Leroy Merlin.

Rose Mary de Souza, O Estado de S.Paulo

13 Dezembro 2010 | 00h00

Os funcionários voltavam de um curso ministrado em São Paulo. Segundo a polícia, o motorista do Uno não era habilitado. Ele estava sozinho no carro. Depois de colidir com a van, o carro capotou e atingiu uma carreta, cujo motorista ficou ferido.

Os feridos em estado grave foram retirados das ferragens e levados aos hospitais da cidade. Os mortos foram todos enterrados em Campinas. Eles são o motorista da van, Leandro Custódio Caixeta, o decorador Deusimar Ferreira da Silva, de 30 anos, Vanderlei Correia da Silva, de 21, Cláudio Fernando Figueiredo Rodrigues, de 32, a vendedora Jeane Santos Oliveira, de 25, a vendedora Cláudia Silva Rodrigues de Araújo, de 27, e o empresário e motorista do Uno, Paulo Marcelo de Campos, de 40.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.