Sete funcionários são feitos reféns por presos em Itapetininga

Detentos se preparavam para ser transferidos da cadeia quando sacaram uma arma e renderam os agentes

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

29 de setembro de 2009 | 11h33

Sete funcionários são feitos reféns desde o começo desta terça-feira, 29, na Penitenciária Jairo de Almeida Bueno - Itapetininga I, no interior de São Paulo. Os funcionários foram rendidos por um grupo de 20 presos que seriam transferidos para outra prisãom, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). A rebelião começou às 7h30 desta terça.

 

Os detentos estavam no setor de revista, se preparando para serem removidos, quando um deles sacou de uma arma e rendeu os 10 funcionários. Os detentos se apossaram de outra arma de um dos agentes, segundo a PM.  

 

No grupo, segundo a Polícia Militar, estariam alguns presos que não estavam com os nomes na lista de transferência e que teriam tentado a fuga.

 

O diretor da unidade e o coordenador regional estão no local negociando com os presos, que reivindicam inicialmente a transferência para outros presídios, segundo a PM. Não há informação sobre feridos ou danos ao patrimônio, de acordo com a SAP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.