Sete dos principais crimes caem na cidade de São Paulo em maio

Lista inclui latrocínio e roubo de carro; exceção é o homicídio, que, ao contrário do que ocorreu no Estado, apresentou ligeira alta na capital

Bruno Paes Manso, O Estado de S. Paulo

25 Junho 2013 | 17h53

SÃO PAULO - Sete dos nove principais crimes na capital paulista diminuíram em maio deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado, confirmando a tendência de queda na criminalidade que já vinha ocorrendo desde abril. No Estado, a taxa de homicídios dolosos atingiu o menor índice dos últimos 12 anos, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 25, pela Secretaria de Segurança Pública. Foram registrados 328 casos em maio, contra 332 em maio do ano passado, levando a uma média de 9,3 assassinatos por 100 mil habitantes.

Na capital, entre os crimes que registraram redução estão latrocínios (14 casos em maio, mediante 16 em maio do ano passado), estupros, roubos, roubo de carro, roubo de cargas, furtos e furto de carro. Exceções foram os casos de homicídio - que se mantiveram praticamente estáveis, com 108 ocorrências no mês passado, cinco a mais que em maio de 2012 - e o de roubo a banco.

"A melhora nas investigações e o aumento das operações policiais foram as causas principais da queda dos dados de criminalidade, disse nesta segunda-feira o secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.