Tuca Vieira/ Divulgação
Tuca Vieira/ Divulgação

Sesc Itaquera exigirá carteira de vacinação para comprovar imunização contra febre amarela

Medida foi determinada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente; unidade de lazer fica ao lado do Parque do Carmo, que foi fechado na quarta-feira, após macaco ser encontrado morto

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

23 Fevereiro 2018 | 16h06

SÃO PAULO - O Sesc de Itaquera, localizado na zona leste da cidade, passará a exigir dos frequentadores a apresentação da carteira de vacinação para comprovar se os visitantes foram imunizados contra a febre amarela.

Na quarta-feira, 21, o Parque do Carmo, localizado ao lado da unidade de lazer, foi fechado. A decisão foi tomada pela prefeitura após o diagnóstico de febre amarela em um macaco encontrado morto no local. A administração municipal também passou a recomendar que paulistanos deixem de frequentar o Parque Linear Rio Verde, na mesma região. Como não há delimitação física nesse espaço, não há como interditá-lo.

Ainda segundo o Sesc, a medida foi determinada pela Secretaria Municipal de Saúde. "O público frequentador do Sesc Itaquera deve apresentar o cartão de vacinação para entrar na unidade, a fim de comprovar a imunização contra a febre amarela há no mínimo dez dias. A unidade está localizada em uma área de risco, pois está situada ao lado do Parque do Carmo. A unidade mantém suas instalações em funcionamento", ressaltou a nota.

Ainda de acordo com a nota, a medida de controle do acesso à unidade é uma ação preventiva que o Sesc adota em cooperação com o poder público para proteger a população contra a febre amarela. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.