Servidor municipal é preso em flagrante cobrando propina

Funcionário da Subprefeitura do M'Boi Mirim foi pego pedindo R$ 6 mil para aprovar obra na região, na zona sul de São Paulo

Artur Rodrigues, O Estado de S. Paulo

12 Julho 2013 | 16h19

SÃO PAULO - Um servidor municipal foi preso em flagrante na manhã desta sexta-feira, 12, quando recebia uma propina de R$ 6 mil para aprovação de uma obra na região do M'Boi Mirim, na zona sul de São Paulo. Ele é o quinto funcionário detido por cobrar propina desde o início do ano na cidade.

O caso começou em 5 de julho, quando a Controladoria Geral do Município (CGM) recebeu denúncia de que agentes da Subprefeitura do M'Boi Mirim assediavam a vítima que estava construindo uma residência. Os funcionários chegaram a cobrar até R$ 20 mil para que a pessoa tivesse a obra regularizada.

Nesta sexta, em operação conjunta da CGM e da Polícia Civil, a vítima entregou ao servidor notas previamente identificadas. Agora, ele irá responder por concussão.

O funcionário ocupa a Unidade Técnica da subprefeitura e recebe salário de R$ 3,2 mil. Ele trabalhava na Prefeitura desde 1991 e seu nome não foi revelado. A Prefeitura informou que investiga a eventual participação de outros servidores no esquema.

Instrumento. A administração municipal anunciou nesta sexta uma ferramenta que permite que a população denuncie funcionários públicos corruptos pela internet. O cidadão tem de preencher um formulário e identificar o órgão envolvido. Além da denúncia, é possível anexar arquivos como textos, fotografias e vídeos que embasem a queixa. Quem passar a informação pode ou não se identificar.

As denúncias podem ser feitas no seguinte endereço: http://www9.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/cgm/formdenuncia/.

Mais conteúdo sobre:
propinaprefeiturasão paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.