Serviço Funerário: greve deve prejudicar enterros

O Serviço Funerário da Prefeitura de São Paulo não deve funcionar hoje. Decisão dos funcionários da categoria confirmada ontem prevê a paralisação das atividades a partir das 6 horas. Os servidores pedem reajuste salarial.

Caio do Valle, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2011 | 00h00

Entre os trabalhos que devem ser afetados estão os 150 sepultamentos diários realizados nos cemitérios municipais, além de cremações, exumações e traslados. Como a Prefeitura administra o setor, até funerais particulares podem ser prejudicados. A administração municipal não informou se colocará em prática algum plano de emergência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.