Serra sobrevoa áreas alagadas pela chuva na Grande São Paulo

Pelo Twitter, governador diz que, para especialistas, 2010 tem sido ano 'anômalo' em questão de chuvas

Carolina Freitas, da Agência Estado,

21 Janeiro 2010 | 17h24

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), sobrevoa de helicóptero na tarde desta quinta-feira, 21, regiões da Grande São Paulo alagadas depois da chuva desta madrugada. De acordo com a assessoria do governador, ele sairá do Palácio dos Bandeirantes, mas ainda não há informações sobre o roteiro que deve seguir e se fará paradas pelo caminho.

 

Veja também:

linkChega a 8 número de mortos pelas chuvas desta quinta

linkKassab: culpa por enchentes é de crescimento desordenado

linkZona sul tem janeiro mais chuvoso dos últimos 70 anos

som Eldorado: Ouça a íntegra da entrevista de Gilberto Kassab 

blog Blog do Trânsito: Confira a situação das principais vias

mais imagens Galeria de fotos do caos na cidade

forum Vote na enquete: De quem é a culpa pelas enchentes?

 

Pouco antes das 17 horas, Serra informou em sua página na rede de microblogs Twitter que percorreria as áreas de enchentes. "Vou acompanhar o trabalho de todo o nosso pessoal", escreveu. A chuva da última madrugada provocou a morte de oito pessoas na Grande São Paulo, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

 

O governador disse que, para os especialistas, 2010 tem sido um ano "anômalo" em matéria de chuva. "A média histórica de chuvas na bacia do Alto Tietê em janeiro é 240 milímetros. Até hoje choveu 340 milímetros."

 

O excesso de chuva foi o motivo alegado hoje pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), para as enchentes desta quinta-feira. Afiliado político de Serra, Kassab atribuiu o caos na cidade também à falta de planejamento urbano e à ocupação desordenada da cidade.

 

Internautas têm usado o Twitter desde a madrugada para cobrar providências do governador e do prefeito - que não tem perfil na rede de relacionamento - a respeito dos alagamentos. Serra iria a Jaboticabal hoje à tarde, entregar ônibus escolares e inaugurar uma estrada vicinal, mas cancelou os compromissos.

Mais conteúdo sobre:
chuvas em SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.